Jogadores

Comparado a Ronaldo, as festas o atrapalharam na carreira

Por Romario Paz

Comparado a Ronaldo, as festas o atrapalharam na carreira

Chegou à Inter Itália e, no auge da carreira, seu pai faleceu e ele entrou em depressão

Síguenos enSíguenos en Google News

Considerado o sucessor de Ronaldo Nazario no futebol brasileiro, despontou como um fenômeno na virada do século, chegando ao topo da Inter italiana e da seleção ainda muito jovem, mas Adriano Leite, que veio a ser chamado Imperador por seu tamanho, poder e objetivos, não conseguiu superar a depressão causada pela morte repentina de seu pai, nem se adaptou totalmente ao futebol europeu, acostumado a uma vida de festas noturnas, e sua carreira terminou muito antes do esperado.

Adriano Leite Ribeiro nasceu em 17 de fevereiro de 1982 no Rio de Janeiro, e cresceu em um bairro muito humilde da zona sul da cidade, e sua entrada precoce no futebol se deve a sua mãe, Rosilda, que o acompanhou por muitos quilômetros até cidade da Gávea, para que pudesse frequentar a escola do Flamengo.

Rosilda chegou a mentir para o marido Almir (Mirinho), pai de Adriano, que recebia um salário baixo em um escritório, com o qual as mensalidades seriam pagas por algumas tias e que o dinheiro era obtido por ela fazendo horas extras e fora do escritório. seu horário normal; Ele vendia doces, legumes ou churrasco.

De fato, com um poderoso chute de canhoto, ótimo físico (1,89 metros de altura e 95 quilos) e muita técnica, apareceu como o claro sucessor de Ronaldo Nazario em uma época de grandes jogadores brasileiros como Rivaldo, Ronaldinho, Cafú ou Roberto Carlos. . Eles logo o apelidaram de Imperador, usando seu nome original.

Mais notícias do Futebol Brasileiro: 

O ex-jogador do Palmeiras que está internado em ala psiquiátrica de hospital

Arboleda, do São Paulo, tem carro de luxo de edição limitada, é impressionante

A grande temporada, a do salto definitivo, foi a de 2003/04, quando regressou ao Inter, e nesse ciclo conquistou duas Taças de Itália, dois Scudettos e três Supertaças de Itália em anos de esplendor partilhando um plantel com jogadores como Javier Zanetti, Hernán Crespo, Christian Vieri, Zlatan Ibrahimovic e Juan Sebastián Verón. Ele se tornou uma estrela do futebol mundial e, mesmo no videogame Winning Eleven 11 para PS2, ele recebeu um poder de arremesso de 99 em 100.

“Ninguém poderia tirar a bola dele. Era um animal. Joguei com grandes campeões, mas com ele senti que poderia dividir um time por muitos anos, me senti confortável”, lembrou Ibrahimovic sobre aquela época.

Que aconteceu con Adriano?

Ao voltar da Copa América e das férias no Brasil, um acontecimento iria mudar sua vida no dia 4 de agosto. Já na pré-temporada com o Inter, recebeu uma ligação informando que seu pai, Mirinho, havia morrido de infarto.

“Eu o vi chorar inconsolavelmente. Ele largou o telefone e começou a gritar que não era possível, e desde aquela ligação ele não é mais o mesmo. Não conseguimos tirá-lo da depressão." disse Zanetti, que era o capitão da equipe. A partir daí passou a consumir álcool e nunca mais foi o mesmo.

Tópicos


Mais notícias