Jogadores

A triste notícia de Endrick surpreende até mesmo o Real Madrid

Por Romario Paz

A triste notícia de Endrick surpreende até mesmo o Real Madrid

O torneio juvenil é organizado pela FIFA desde 1977, mas os clubes não têm a obrigação de ceder seus jogadores e privaram o público argentino de desfrutar de importantes figuras do futebol mundial

Síguenos enSíguenos en Google News

Alejandro Garnacho, a nova joia da seleção argentina e figura do Manchester United, e Endrick, comprado pelo Real Madrid por um milhão de dólares, encabeçam a lista de jogadores que não foram emprestados para jogar a Copa do Mundo a ser realizada será disputada em nosso país entre 20 de maio e 11 de junho.

O torneio juvenil é organizado pela FIFA desde 1977, mas os clubes não têm a obrigação de ceder seus jogadores e privaram o público argentino de desfrutar de importantes figuras do futebol mundial.

O diretor técnico da seleção argentina, Javier Mascherano, tinha a intenção de contar com Alejandro Garnacho, mas o Manchester United se recusou a liberá-lo e cortou as expectativas geradas por sua estreia com a camisa albiceleste em nosso país.

Mais notícias do Futebol Brasileiro:

Enquanto Enner Valencia tem carro de R$ 2 mi, a impressionante Mercedes de Arboleda

Critícas pesadas, Sampaoli jogou tudo no ventilador apesar de vitória do Flamengo

O mesmo aconteceu com Facundo Buonanotte, que está cada vez mais entrincheirado em Brighton enquanto luta na Premier League inglesa para entrar em uma competição europeia. Foi assim que Endrick recebeu a triste notícia de que não estará no Mundial Sub-20 com o Brasil sendo a figura do torneio sul-americano, e o Uruguai sofreu a derrota do atacante Álvaro Rodríguez, que já havia marcado um gol na LaLiga espanhola.

Endrick já foi comprado pelo Real Madrid por 35 milhões de euros e ficou mais um tempo no Palmeiras, mas os dois clubes decidiram que o jovem talento não deveria disputar a Copa do Mundo.

Ao contrário da AFA, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não se envolveu na política de empréstimos do clube e o Athletico Paranaense negou a presença de Vitor Roque ao campeão sul-americano. Andrey Santos e Vitor Roque foram os artilheiros do Brasil na Copa Sul-Americana com seis gols cada.

Tópicos


Mais notícias