Série A > Libertadores 2021

Palmeiras tem desejo antigo em campeão da Libertadores e Abel Ferreira dá aval para Verdão buscar o maior reforço

Palmeiras quer garantir reforço para a próxima temporada

Palmeiras faz de tudo para ter campeão da Libertadores.
Palmeiras faz de tudo para ter campeão da Libertadores.

A Taça Libertadores obsessão, como já dizia um dos cantos entoados pelos torcedores do Palmeiras e que move o time em busca de mais uma taça continental. A primeira e única da história palmeirense aconteceu em 1999 ao vencer o Deportivo Cali, da Colômbia, na grande final e no século XXI ainda não chegou a uma final do maior torneio sul-americano que também já foi três vezes vice-campeão.

E a história pode mudar nesta terça-feira (12), às 21h30, no Allianz Parque, com a partida de volta da semifinal da Copa Libertadores da América 2020 e a vantagem de 3 a 0 no jogo de ida deixa o Verdão perto da vaga. Na outra semifinal, Santos e Boca Juniors decidem o segundo finalista na quarta-feira (13), às 19h15, na Vila Belmiro. Na primeira partida 0 a 0, e em caso de empate com gols a equipe argentina se classifica.

E nessa outra semifinal, mesmo fora de ação, um jogador do Peixe pode trocar de lado na temporada que vem e ser o mais novo reforço do Palmeiras. Carlos Sánchez tem 36 anos e tem contrato até julho de 2021, o que possibilita uma assinatura de pré-contrato já em fevereiro. Lesionado, o uruguaio não joga desde o dia 1º de outubro na vitória do Santos contra o Olímpia pela Libertadores.

No Peixe desde 2018, Carlos Sánchez tem 102 jogos e 25 gols, mas não conquistou nenhum título pelo clube. Em 2015 foi campeão da Copa Libertadores da América pelo River Plate e foi eleito o Rei da América daquele ano como melhor jogador no continente.

Notícias relacionadas

Mais notícias

Mais notícias