Copas

É revelado a vantagem que o Flamengo terá por não estar na final da Libertadores

Por Romario Paz

É revelado a vantagem que o Flamengo terá por não estar na final da Libertadores

Rubro-negro precisou ceder o estádio para a final da Copa Libertadores e lucrará com isso

Síguenos enSíguenos en Google News

O Flamengo busca forças para recuperar pontos na disputa do Campeonato Brasileiro de 2023, após perder por 2 a 1 para o Santos, de virada, no Mané Garrincha. Esse é o segundo jogo sob o comando do Tite, em que o rubro-negro perde e sofre uma derrota de virada, após abrir o placar e controlar boa parte do confronto. O revés gerou muitas críticas a equipe.

Tite precisou se explicar diante da situação e garantiu que a prioridade do Flamengo na temporada é a conquista da vaga na Libertadores e não o título brasileiro. O ex-treinador da Seleção Brasileira reconheceu o momento de instabilidade da equipe na temporada e confessou que o processo de recuperação no Brasileirão será difícil.

O objetivo é a classificação direta para a Libertadores. É isso desde o início, coerentemente falando. Administrar as situações adversas e os erros. É fazer a cada jogo a nossa performance ser melhor […] A equipe ainda está no processo de me conhecer e de ter estabilidade nesses momentos. Isso é maturidade. Deve ser desenvolvido. Tentamos um 4-2-3, com um a menos, mas estávamos sofrendo pelos lados. Mudamos para um 4-3-2, equilibramos a partida e sofremos o gol no fim”, afirmou o treinador 

Apesar disso, a diretoria do clube entende que o momento será de reabilitação e acredita que será demorado o processo portanto não acredita que haverá pressão em Tite. Os olhos dos dirigentes estão voltados para o Maracanã, e a final da Libertadores, da qual o rubro-negro não participa mas terá uma importante presença na decisão.

Flamengo fatura alto com final

O Flamengo terá um faturamento importante devido a ter aceitado em ceder o Maracanã, que está em sua posse até o final do ano, quando será realizado a licitação temporária do esporte. Segundo o UOL, o acordo comercial entre a gestão do Maracanã e a Conmebol, demorou e foi marcado por negociações duras, mas acabou saindo e concedeu ao rubro-negro a possibilidade de negociar o aluguel de camarotes.


Mais notícias