Copas

A resposta do presidente do Fortaleza para as reclamações do Botafogo

Por Jorge Dias

A resposta do presidente do Fortaleza para as reclamações do Botafogo

Botafogo quis manter partida contra o Fortaleza na terça-feira (22), mas pedido foi negado

Síguenos enSíguenos en Google News

Neste sábado (21), o Botafogo começou a partida contra o Athletico-PR. No entanto, com problema na energia do Estádio Engenhão, a partida foi interrompida no intervalo e só continuada no domingo (22). Os dois gols do empate de 1 x 1 foram feitos ainda no 1º tempo, mas foi o resultado final do confronto. Com o atraso no jogo, o planejamento acabou mudando.

 

A partida contra o Fortaleza seria na terça-feira (24), em Salvador. Mas, como haveria pouco tempo de descanso para os jogadores do Fogão, o jogo foi adiado. Sabendo que o Tricolor estaria em campo com seus reservas, por estar focando na final da Copa Sul-Americana neste sábado (28), o Glorioso insistiu em ter a partida mesmo assim. No entanto, o pedido foi negado pela CBF e pelo STJD.

Os jogadores e a torcida não gostaram da decisão, já que isso pode prejudicar o time. O confronto deve ser remarcado para um dia durante a pausa para a Data Fifa, já que não há outro espaço possível. Dessa forma, é provável que o Botafogo tenha alguns atletas que estariam convocados por suas seleções. Na briga pelo título, isso pode acabar atrapalhando o time carioca.

 

Presidente do Fortaleza falou sobre o assunto

Marcelo Paz, presidente do Fortaleza, deixou claro o que pensa sobre o assunto: “O Botafogo quer pegar o Fortaleza mais fragilizado. Isso é óbvio, isso é óbvio. Porque pouco tempo atrás, o mesmo Botafogo reclamou publicamente que jogou na quarta-feira e teria que jogar no sábado o clássico contra o Flamengo.” O mandatário fez a afirmação durante programa da Jovem Pan Esportes.

 

Tópicos


Mais notícias