Copas

A notícia que Fernando Diniz esperava chegou e agrada o Fluminense

Por Jorge Dias

A notícia que Fernando Diniz esperava chegou e agrada o Fluminense

Fluminense x Boca Juniors disputam a grande final da Libertadores neste sábado (4) 

Síguenos enSíguenos en Google News

Faltando apenas três dias para a grande final da Copa Libertadores da América, Fluminense e Boca Juniors continuam ajustando os últimos detalhes para a decisão deste sábado (4). No Maracanã, templo do futebol brasileiro, as equipes entram em campo buscando encerrar a temporada com chave de ouro, a partir das 17h (horário de Brasília). Pelo lado do Tricolor das Laranjeiras, a expectativa é enorme, pois a equipe está irá disputar a finalíssima após 15 anos de espera. 

Mesmo sabendo da enorme tradição do Boca Juniors em Libertadores, o Fluminense aparece como o grande favorito para conquistar o título. Vivendo uma temporada especial, o time comandado pelo técnico Fernando Diniz tem encantado os torcedores, jogando um futebol alegre, ofensivo e envolvente. Apesar da equipe ter caído de rendimento nos últimos jogos, Germán Cano e companhia chegam motivados para a decisão.

Por outro lado, o Boca Juniors entra em campo em busca do 7ª título da Copa Libertadores da América. Multicampeão sul-americano, o clube trata a final como a partida mais importante das últimas temporadas. No entanto, o futebol apresentado pela equipe argentina tem chamado a atenção negativamente. Além disso, o desempenho dentro de campo não é nada animador na competição continental, empatando os seis jogos na fase decisiva do torneio e avançando para a final vencendo as disputadas de pênaltis. 

Titular absoluto do Fluminense está 100% recuperado para a decisão da Copa Libertadores 

Considerado um dos principais nomes do Fluminense nas últimas temporadas, o zagueiro Nino está liberado para entrar em campo para ajudar o Tricolor Carioca na decisão da Libertadores. Convocado em outubro para defender a Seleção Brasileira nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo, o capitão do Flu acabou sofrendo uma entorse no joelho esquerdo enquanto treinava com a equipe brasileira. Buscando se recuperar o mais rápido possível para estar 100% fisicamente e tecnicamente, o jogador realizou um tratamento intensivo com a ajuda do departamento médico do clube. 

De acordo com informações do portal “Itatiaia", Nino trabalhou intensamente para poder se recuperar da entorse no joelho. Ao todo, o zagueiro e capitão do Fluminense fez tratamento em três períodos, surpreendendo até mesmo os médicos do clube na recuperação. No entanto, apesar da boa notícia para o técnico Fernando Diniz, o defensor ainda seguirá em observação, recebendo uma atenção ainda mais especial para a grande decisão da Copa Libertadores da América. 

Titular em todas as partidas importantes do Fluminense nessa temporada, Nino entrou em campo 49 vezes pelo Tricolor das Laranjeiras. Ajudando o ataque, o zagueiro balançou a rede cinco vezes e distribuiu duas assistências, sendo uma  decisiva na partida contra o Internacional, pela semifinal da Libertadores. Campeão carioca pelo Flu no início deste ano, o capitão espera levantar o título mais cobiçado do futebol sul-americano neste sábado (4). 


Mais notícias