Copas

A história surpreendente do adversário da LDU na final da Sul-americana

Por Romario Paz

A história surpreendente do adversário da LDU na final da Sul-americana

Treinador do Fortaleza deixou a faculdade de medicina para tentar vida no futebol

Síguenos enSíguenos en Google News

Fortaleza e LDU medem forças na final da Copa Sul-americana no próximo sábado, no Uruguai. A grande decisão da Copa coloca frente a frente duas campanhas de destaques no continente. Um possível domínio dos equatorianos na competição e a inédita chegada de um clube nordestino na final de uma copa da Conmebol.

Um desses destaques, certamente é o argentino Juan Pablo Vojvoda, treinador do Fortaleza e com três temporadas no comando do clube, alcançou a final da Copa Sul-Americana. Mas o que muitos torcedores não sabem é que o comandante fez uma escolha anos atrás que provocaria tudo isso. Vojvoda trocou a medicina pelo futebol.

Vojvoda está prestes a chegar ao êxito de sua carreira nos esportes, mais do que conquistou como zagueiro em sua carreira de 17 anos, quando tentou a sorte na base do Newell's Old Boys e não conseguiu uma vaga entre os titulares. Assim, virou-se para a medicina, mas abandonou os estudos em 2002, quando deixou o país para tentar a sorte em clubes modestos da Espanha, como o Compostela.

Depois de se aposentar dos campos em 2012, quando era jogador do clube argentino Sarmiento, Vojvoda ingressou novamente na faculdade de medicina e em 2017, 90 dias após terminar a residência clínica obrigatória, um telefonema mudou o rumo de sua vida. Ao lado dos estudos, Vojvoda treinou temporariamente o Newell's Old Boys por dez jogos em 2016, até ser convidado a comandar o Defensa y Justicia. Novamente o futebol interrompeu sua vida.

Chegada no Brasil

Vojvoda ainda comandou duas outras equipes tradicionais, Talleres e Huracán, Mas em 2020 aceitou seu primeiro desafio no exterior para treinar o Unión La Calera, no Chile, com o qual terminou como vice-campeão e se classificou pela primeira vez para a Copa Libertadores. Tal façanha chamou a atenção do Fortaleza, que decidiu apostar no argentino e hoje pode conquistar o maior título de sua história.

Tópicos


Mais notícias